quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O Carro de Boi


O canto do grilo
recorda grito do atrito
do carro de boi.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O Pescador


O Pescador

O sol, o sal e o mar.
A praia de areias douradas
O peixe na mesa
O pão de cada dia

A lua cheia
A imensidão azul
As estrelas
O ciclo das marés

A ilha distante
O vento forte
A canoa quebrada
Os riscos

A sensação do prazer
O homem nas mãos de Deus
O pescador

terça-feira, 13 de setembro de 2011

sábado, 30 de julho de 2011

Anjo

Cair, é a primeira e a última sensação que um anjo sente.
Gabriel - A Vingança de Um Anjo

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Tal filha, tal pai.

O desenho da esquerda foi feito pela minha filha aos três anos de idade, à direita a versão "traduzida".
"Declare aos seus filhos que eles não estão no rodapé da sua vida, mas nas páginas centrais da sua história."
Augusto Cury



quinta-feira, 30 de junho de 2011

Recordação II

Outra da velha pasta
A recordação é ativa. Não é um objecto perdido que se encontrou. Ela faz crescer a massa do presente e do futuro.
Jacques Bossuet

sábado, 25 de junho de 2011

Beijos 2

Vivemos em um mundo de diferenças que devem ser tratadas com igualdade.
Marcelo Feitosa Pereira

quarta-feira, 22 de junho de 2011

O Nu

Dá-me hoje a tua nudez,
A tua nudez faminta,
A tua nudez húmida e rasgada,
Marcada por entre veias e carnes,
Nos pactos esquecidos,
De todos e outras juras,
Destrancada de almas e corpos,
Nos sonhos destruídos,
Dos meus e dos teus Desejos...

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Nu VIII - Ódio Mortal

Tenho um ódio mortal de toda roupa feminina,
especialmente das mais insinuantes e das lingeries.
É um ódio tal que me consome,
que só me apetece arrancar logo estas peças
do corpo de minha amada,
quer seja com as mãos,
quer seja com os dentes...
Augusto Branco

sábado, 18 de junho de 2011

NU VII - No quarto

Os olhos no teto, a nudez dentro do quarto; róseo, azul ou violáceo, o quarto é inviolável."
Raduan Nassar

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Nu VI - Vontade


Vontade

Despida de roupa
e de falsidade
quero a nudez pura
na plenitude da tua pele
acesa
Quero-te assim
iluminada e tensa
como quem pensa
que me pode perder
e só me tem a mim
Edgardo Xavier

terça-feira, 14 de junho de 2011

NU V - A Palavra

 
Amor da palavra, amor do corpo


A nudez da palavra que te despe.
Que treme, esquiva.
Com os olhos dela te quero ver,
que não te vejo.
Boca na boca através de que boca
posso eu abrir-te e ver-te?
É meu receio que escreve e não o gosto
do sol de ver-te?
Todo o espaço dou ao espelho vivo
e do vazio te escuto.
Silêncio de vertigem, pausa, côncavo
de onde nasces, morres, brilhas, branca?
És palavra ou és corpo unido em nada?
É de mim que nasces ou do mundo solta?
Amorosa confusão, te perco e te acho,
à beira de nasceres tua boca toco
e o beijo é já perder-te.

António Ramos Rosa

domingo, 12 de junho de 2011

sexta-feira, 10 de junho de 2011

NU III - Percepção

A beleza de um corpo nu só a sentem as raças vestidas. O pudor vale, sobretudo, para a sensibilidade como o obstáculo para a energia.
Fernando Pessoa

quarta-feira, 8 de junho de 2011

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Nu I - Em minha mente

Tão nua e demente, tão poluída quanto inocente, tão tola e inconseqüente, tão bonita e tão insistente, és tu de quem falo, minha mente.

domingo, 22 de maio de 2011

Borboleta - um ensaio policromático


Passa uma Borboleta

Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.


Beijos I


“O Sonho da igualdade só cresce no terreno do respeito pelas diferenças.”

sexta-feira, 13 de maio de 2011

M. Monroe

 

Sou egoísta, impaciente e um pouco insegura. Cometo erros, sou um pouco fora do controle e às vezes difícil de lidar, mas se você não sabe lidar com o meu pior, então com certeza, você não merece o meu melhor!

Minha Medusa

Medusa feria de paralisia
aqueles que ousassem lhe erguer o olhar,
tornava-os mármore e granito.
Eu consigo entendê-la.

Aqueles que paralisam-me com o olhar
para num delírio me ousarem ferir,
tornam meu coração granito,
Mas é inversa a transformação.

Sigo o mesmo, e eles não.
Tornan-se letras e palavras de inspiração.
Subjulgados a minha vontade implícita.
São agora meus textos, poemas.

São meus homens pretextos.
Só não sei se sou medusa,
ou se sou espelho...

terça-feira, 10 de maio de 2011

CTPS6873

Fera Ferida (trechos)

Eu sei!
Quanta tristeza eu tive
Mas mesmo assim se vive
Morrendo aos poucos por amor

Eu sei!
O coração perdoa
Mas não esquece à toa
E eu não me esqueci...

Eu sei!
Que flores existiram
Mas que não resistiram
A vendavais constantes

Eu sei!
Que as cicatrizes falam
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci...
Roberto Carlos

segunda-feira, 4 de abril de 2011

sábado, 2 de abril de 2011

SIMPLICIDADE

 Rachel Williams - Playboy 1992

 " A      perfeição não é alcançada quando já não há mais nada para adicionar, mas quando já não há mais nada que se possa retirar."

quinta-feira, 31 de março de 2011

quarta-feira, 30 de março de 2011

O amor é grande e cabe nessa janela sobre o mar...

Era só uma foto em um quarto, mas o artista não vê só o real.

P&B



"A mãe compreende até o que os filhos não dizem."

De uma mãe para um filho

"A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final."
Uma homenagem à amiga Lilian, minha primeira cliente.

Afeições

Como disse um poeta: "
O que as grandes e puras afeições têm de bom é que depois da felicidade de as ter sentido, resta ainda a felicidade de recordá-las."
Materialize sua recordação...

Apenas uma foto



Baseada em foto da Super Interessante nº 281 
 

"A arte diz o indizível; exprime o inexprimível, traduz o intraduzível."

Rugas

"As rugas representam a beleza da passagem pela vida, apagar essas marcas seria rasgar o livro existencial de cada um"

PRESENTEAR

 
""Um artista é alguém que produz coisas de que as pessoas não têm necessidade, mas que ele - por qualquer razão - pensa que seria uma boa ideia dá-las a elas."
Andy Warhol

Retrato

No retrato que faço
- traço a traço -
às vezes pinto nuvem,
às vezes pinto árvore...

às vezes pinto coisas
de que nem há mais lembrança...
ou coisas que não existem
mas que um dia existirão...

e, desta lida, em que busco
- pouco a pouco -
minha eterna semelhança,

no final, que restará?
Um desenho de criança...
CORRIGIDO POR UM LOUCO!
poema adaptado

Saudade e recordação

"
Saudade

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido." -
atribuído a Pablo Neruda

Meu melhor rabisco

"A arte imita a vida"